Novos indícios apontam que a Apple quer se tornar uma plataforma de Ads

Empresa norte-americana está discutindo a possibilidade de exibir anúncios de publicidade nos jogos da Major League Soccer, pela Apple TV

A Apple está prestes a dar mais um passo no mundo dos Ads e, mais uma vez, deve incomodar seus concorrentes da Meta e do Google.

Após anunciar que está expandindo sua área de ads e que irá exibir mais anúncios no iPhone, a empresa norte-americana parece estar planejando vender publicidade a terceiros em suas transmissões exclusivas dos jogos da Major League Soccer, pela Apple TV.

De acordo com a informação divulgada por Mark Gurman, da Bloomberg, a Apple está discutindo o assunto com parceiros e patrocinadores da MLS, a principal liga de futebol dos Estados Unidos, para vender espaços publicitários em jogos e programas relacionados à liga.

 

Apple firma contrato de 10 anos com a Major League Soccer

Em junho deste ano, a Apple fechou um contrato de 10 anos com a MLS, para a transmissão de todos os jogos da liga, exclusivamente, pelo aplicativo da Apple TV, além das partidas regulares da Copa da Liga, MLS Next e MLS Next Pro, sem limitações geográficas e cobertura completa da competição e dos clubes.

É um sonho que se torna realidade para fãs da MLS, de futebol e de quem quer que ame esportes. Sem fragmentação e sem frustração. Oferecemos flexibilidade de assinar um serviço que traz tudo sobre a MLS, em qualquer lugar e momento que você queira assistir – disse, na ocasião do anúncio, Eddy Cue, vice-presidente sênior de serviços da Apple.

Gerenciado por Todd Teresi, vice-presidente de plataformas de publicidade da Apple, o projeto de expansão de publicidade deverá servir como peça-chave para gerar faturamento, através da parceria com a MLS, uma vez que a compra dos direitos de transmissão custaram mais de 250 milhões de Dólares.

 


Ações da Apple no setor de ads pode incomodar concorrentes

Com esse movimento, a Apple dá mais um passo para se tornar uma Ad Network, ou seja, uma plataforma para vender espaços publicitários a anunciantes. Isso pode ser mais um duro golpe da Apple com as, agora, concorrentes Meta Ads e Google Ads.

Além disso, a iniciativa da Apple pode acirrar a briga com a Meta que, recentemente, acusou a concorrente norte-americana de prejudicar pequenos negócios com a implementação das novas regras para anúncios na plataforma.

Vale a pena lembrar que a dona do Facebook vem sendo prejudicada de forma recorrente desde as mudanças nas políticas de privacidade do sistema IOS. Onde será que essa briga irá parar?

De qualquer forma, para os anunciantes, novos espaços publicitários são sempre bem-vindos, uma vez que oferecem novas possibilidades de anúncios e alcance de público-alvo.

Quer saber de tudo, antes de todos?

Receba as principais notícias e atualizações sobre redes sociais, ads e marketing digital resumidas no seu e-mail!

Isso pode te interessar:

OPINE:

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

Google Ads

Checklist do Google Ads: 5 maneiras de auditar e otimizar suas campanhas

Aumente seu sucesso no Google Ads! Audite, otimize e direcione o público certo para maximizar o ROI e as conversões

Não pague à Apple! Meta compartilha dicas para evitar taxas de impulsionamento de posts

A Meta publicou um infográfico dando quatro dicas para anunciantes evitarem a taxa de 30% da Apple ao impulsionar seus anúncios

Telegram ou WhatsApp? O que usar no seu marketing

Telegram ou WhatsApp: qual usar no seu marketing?

Telegram ou WhatsApp? Qual usar dentro das suas estratégias de marketing? A resposta não é tão simples quanto parece.

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.