Fazer ads com Inteligência Artificial? Parceria da Meta e Shutterstock pode acelerar isso

Meta anuncia acordo para usar mais de um bilhão de imagens e videoclipes em sua ferramenta de criação de imagens e vídeos com IA

Com ferramentas de Inteligência Artificial (AI) se espalhando pelo mercado, todos os principais gigantes da tecnologia estão sedentos para usar a tecnologia no seu negócio. O Google já mandou que sua equipe se concentre em criar soluções de AI para a pesquisa, enquanto a Microsoft fez uma grande parceria com a OpenAI, a mãe do ChatGPT.

A Meta não vai ficar de fora dessa corrida e também está buscando aliados para poder acelerar do desenvolvimento de suas ferramentas de AI.

Conforme anunciou o site AdWeeka Meta fechou esta semana um novo acordo com a Shutterstock, maior empresa de banco de imagens, que permitirá à Meta utilizar a biblioteca de conteúdo visual e de áudio da Shutterstock para alimentar e treinar suas ferramentas de IA.

Assim, a ferramenta de criação de imagens por inteligência artificial que a Meta está desenvolvendo desde o ano passado, poderá ser lançada ao mercado antes do previsto, e entregando resultados melhores.

A Meta ainda não deu mais detalhes sobre a ferramenta, mas é possível que ela seja liberada para a criação de qualquer imagem e vídeo publicados no Facebook e Anúncios, sejam posts de usuários e anúncios.

Conforme informado pela AdWeek :

“ A Shutterstock diz que a parceria permitirá que as duas empresas tragam novas ferramentas criativas para o mercado, permitindo que a Meta use a ampla biblioteca de conteúdos da Shutterstock para desenvolver, avaliar e treinar seus recursos de aprendizado de máquina.”

A decisão parece acertada para a Meta. Afinal, a Shutterstock hospeda mais de um bilhão de imagens e videoclipes, e é um dos principais fornecedores de conteúdo de qualidade na web. Se a Meta conseguir acesso exclusivo a esse conteúdo, isso pode ser uma grande vitória, o que pode ajudá-la a ganhar vantagens contra as concorrências nesse segmento de ferramentas IA.

 

Quais são os objetivos da Meta e como isso impacta os profissionais de marketing?

A intenção da Meta nesta parceria é poder, oficialmente, usar o conteúdo da Shutterstock para poder treinar e desenvolver suas ferramentas IA voltadas à criação de imagens e vídeos. Segundo a própria Meta, em breve estas ferramentas poderão estar integradas diretamente nas áreas de criação de anúncios e outras ofertas promocionais.

Mas, os planos da Meta com IA não param por aí. A empresa já antecipou alguns de seus projetos nesta frente, com ferramentas que podem animar desenhos infantis e criar vídeos curtos (Reels) com base em comandos de texto, além de já estar investindo, há tempos, em ferramentas de IA para chats e atendimentos no Messenger.

 


Possível infração de direitos autorais em “treinamentos de IA”

A parceria oficial entre Meta e Shutterstock faz sentido não apenas do ponto de vista comercial, mas também legal. Nos últimos dias, a Getty Images entrou com um processo judicial contra a Stability AI, o gerador de artes digitais da ‘Stable Diffusion’, alegando um suposto uso indevido de seu conteúdo para alimentar os modelos generativos da Stable Diffusion.

Se Getty for capaz de provar tal infração, isso poderá gerar um grande problema para o Stability AI, já que provavelmente ele precisará remover todo o conteúdo do Getty de seu material de referência, ou então pagar os direitos autorais.

É impossível saber a extensão total de tais impactos, mas essa disputa judicial destaca a crescente demanda por mais responsabilidade no desenvolvimento de ferramentas AI, o que envolve questões de ética, responsabilidade social e cuidados com direitos autorais. Afinal, será que as IA irão substituir os trabalhadores?

O CEO da Shutterstock, Paul Hennessy, abordou o desafio que o mercado enfrentará com a questão entre as IA e os direitos autorais dos criadores:

“ Ainda há muitas questões em aberto sobre direitos autorais, licenciamento, direitos de propriedade de conteúdo digital e arte gerada por IA. Precisamos fazer tudo o que pudermos não apenas para proteger os direitos de propriedade intelectual de nossos colaboradores, mas também garantir que eles tenham o poder de tirar proveito desse novo modelo criativo. Simultaneamente, queremos fornecer uma plataforma para nossos clientes usarem com segurança o conteúdo que compram.”

Por que se importar?

A parceria entre as duas gigantes pode trazer muitos benefícios para quem trabalha criando conteúdo nas redes sociais da Meta, ou mesmo fazendo anúncios. É certo que a IA, que já está impactando tantos setores do marketing, irá revolucionar também a parte de criação e otimização de campanhas de anúncios.

Vale também acompanhar o debate que pode ocorrer durante o ano sobre as questões legais do uso de conteúdo de IA e impactos no setor digital. À medida que mais conteúdo é criado por essas ferramentas e mais dinheiro começa a mudar de mãos, estar atento a esses movimentos pode ser útil para nossos trabalhos e empresas.

Quer saber de tudo, antes de todos?

Receba as principais notícias e atualizações sobre redes sociais, ads e marketing digital resumidas no seu e-mail!

Isso pode te interessar:

OPINE:

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

Música na bio do Instagram

Música na bio do Instagram? Saiba como usar a funcionalidade

Saiba como utilizar a nova função de música do Instagram no seu perfil e quais são as vantagens para a sua marca

Reaproveitar seu conteúdo
SEO

A arte de reciclar: 5 maneiras de reaproveitar seu conteúdo

Reaproveitar não significa copiar e colar! Saiba como redirecionar seu conteúdo com eficácia, explorando os comos e porquês

Estratégia de marketing do Carmed Fini

A estratégia de marketing por trás do sucesso da parceria entre Carmed e Fini

Entenda as estratégias que causaram o hype em torno dos protetores labiais Carmed Fini e saiba como utilizá-las no seu marketing

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.