“Janeiro foi o melhor mês da história em vendas de infoprodutos”, diz JP, CEO da Hotmart

João Pedro Resende, CEO da Hotmart, fala sobre o crescimento, a transição e sobre os planos futuros da empresa para ajudar os criadores

2022 foi um ano de incertezas e desafios para muitas empresas de marketing digital e venda de infoprodutos.

Após um crescimento acelerado em 2020 e 2021, fruto da pandemia (e das pessoas em casa), o mercado digital teve que reajustar suas metas e expectativas, colocando na conta uma desaceleração do crescimento nas vendas.

Mas o mercado de infoprodutos parece ter conseguido se adequar aos desafios impostos e estar pronto para seguir crescendo, batendo novos recordes, mais forte do que nunca.

De acordo com João Pedro Resende, CEO da Hotmart, o mês de janeiro trouxe resultados surpreendentes, superando as projeções e expectativas da empresa. Em um stories em seu Instagram o CEO diz:

Janeiro fechou como sendo o melhor mês de toda a história do mercado de produtos digitais.

Superou todas as projeções, e superou novembro do ano anterior, que normalmente é um mês muito grande em função da Black Friday.

2023 começou acelerado.

Esses dados são especialmente importantes para as empresas e profissionais que trabalham com a vendas de infoprodutos,

Nos últimos 12 meses, o mercado ainda estava se adequando a outros efeitos colaterais trazidos pelos anos de pandemia: o aumento da concorrência, a profissionalização do mercado e um público mais seletivo, após ter sido exposto a uma quantidade gigante de ofertas, lançamentos e perpétuos, em todos os nichos.

Isso sem contar as incertezas políticas e econômicas no país no ano passado, com a inflação corroendo o poder de compra do consumidor.

Assim, tais dados podem trazer alívio e ânimo aos infoprodutores, indicando que o pior momento de incertezas já passou, e o mercado está pronto para dar novos saltos.

 

Os próximos saltos, desafios e oportunidades no mercado

No episódio 24 do Hotmart Cast – podcast da empresa Hotmart —, João Pedro é questionado sobre qual ele acha que seria o próximo salto  no mercado de distribuição de conteúdo e pagamentos (ou seja, o mercado da Hotmart).

O CEO responde que a experiência de compra é o foco principal das melhorias necessárias, tendo em vista que, ao tirar o máximo de fricção possível do processo, o resultado será mais compras e mais vendas. 

No mundo digital já melhoramos muito quando a isso. As melhorias virão mais na parte de consumo.

Por exemplo, quando a gente faz um aplicativo para TV, onde você tem vários depoimentos de idosos que escrevem pra gente falando ‘cara, agora eu consigo ler o que tá escrito no curso que eu comprei, porque agora eu vejo na televisão e não mais no celular’, essa é uma melhoria substancial.

Quando você começa a ter o offline, barbeiros, por exemplo, falando ‘agora eu consigo baixar esse curso e ver na minha barbearia, enquanto eu trabalho’.

Nosso trabalho é melhorar isso sempre. Todo mundo que tem um negócio bom e que vai durar quer continuar investindo, que melhorar todos esses fluxos de compra e venda, a parte principal do negócio como um todo.

 

A mudança no mercado gerada por Inteligências Artificiais

Mas JP não para por aí: ele também fala bastante sobre o avanço das Inteligências Artificiais e como isso mudará o mercado.

Quando eu olho para o que mais vai melhorar no mundo, eu acho que tem a questão da Inteligência artificial, que vai afetar muito a gente na velocidade que conseguimos fazer as coisas, antes de realmente mudar tudo.

Ele discute que, nesse caminho de implantação de IAs, muitas pessoas ficarão chateadas e perdidas, tendo em vista que o trabalho delas passa a valer menos, já que pode ser substituído de alguma forma.

O empresário diz que, mesmo algumas pessoas se sentindo ameaçadas pela tecnologia, elas devem buscar estar sempre aprendendo e estar atentos às discussões ocorridas sobre o assunto, uma vez que as IAs, no momento, estão sendo inseridas no mercado de trabalho como facilitadoras:

Tudo que está entre a criatividade e a materialidade é barreira, e as IAs virão para quebrar barreira por barreira, para que você tenha um fluxo o mais rápido possível para que vá da imaginação para o real.

 


Como a Hotmart pretende ajudar os infoprodutores nos próximos anos?

Esta foi a pergunta de milhões feitas para o CEO da empresa: quais caminhos a Hotmart vai seguir para ajudar os produtores?

Mesmo dizendo que há projetos que não podem ser revelados no momento, JP Resende afirma que a empresa está num processo de transição para se tornar um grande ecossistema:

A gente quer, cada vez mais, fazer um caminho de onde a gente está, saindo de um contexto de plataforma, para se transformar num ecossistema.

Num ecossistema, a grande diferença é que tem mais serviços em torno de um serviço de um público inicial e tem mais de um público inicial. Então é uma expansão a partir de um ‘core’. Eu acho que é isso que a gente está fazendo.

De acordo com ele, a Hotmart lançará novas frentes neste ano que facilitarão muito para o produtor de conteúdo, não somente com a parte de vendas, mas também com entrega, gestão da empresa, clientes etc.

Acho que as pessoas vão conseguir perceber isso cada vez mais ao longo do tempo, mas esse ano, eu acho que a gente vai ter coisas que vão deixar mais claro o que eu estou querendo dizer.

A gente quer atender outros tipos de Creators também, a gente quer oferecer serviços que ajudem os nossos creators a alcançar seus objetivos mais rápido, seja com software, seja com gente, seja como for […].

Acho que todo criador de conteúdo que decidir construir disso um negócio para a vida dele vai olhar para a Hotmart como um grande parceiro para ajudar com muitas coisas.

O empresário demonstrou muita empolgação e animação com os novos projetos e afirmou que este será um ano movimentado para a Hotmart.

Confira o podcast na íntegra:

YouTube video

Quer saber de tudo, antes de todos?

Receba as principais notícias e atualizações sobre redes sociais, ads e marketing digital resumidas no seu e-mail!

Isso pode te interessar:

OPINE:

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

Google Ads

Checklist do Google Ads: 5 maneiras de auditar e otimizar suas campanhas

Aumente seu sucesso no Google Ads! Audite, otimize e direcione o público certo para maximizar o ROI e as conversões

Não pague à Apple! Meta compartilha dicas para evitar taxas de impulsionamento de posts

A Meta publicou um infográfico dando quatro dicas para anunciantes evitarem a taxa de 30% da Apple ao impulsionar seus anúncios

Telegram ou WhatsApp? O que usar no seu marketing

Telegram ou WhatsApp: qual usar no seu marketing?

Telegram ou WhatsApp? Qual usar dentro das suas estratégias de marketing? A resposta não é tão simples quanto parece.

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.