“Você pode quebrar sua empresa por vender muito”, afirma Conrado Adolpho

O empresário Conrado Adolpho afirma, em seu Instagram, que vender muito pode afetar o lucro da sua empresa.

Todo empreendedor sonha em vender cada vez mais para crescer e gerar mais lucro. Contudo, o empresário Conrado Adolpho afirma algo que vai ao contrário desse pensamento: que uma empresa pode quebrar por estar vendendo muito.

De acordo com Conrado, muitas empresas não entendem que vender mais pode ser uma péssima saída em determinados momentos, já que toda venda para um novo cliente tem custos associados.

Justamente por causa desses custos, é arriscado a empresa querer vender mais ampliando mercado.

 

Quais são os custos associados às vendas?

Conrado aponta alguns desses custos que estão associados a novas vendas:

 

Custo de visibilidade

Quanto mais invisível foi a sua empresa, menos conhecida e mais difícil será vender para um público novo.

Para não ter uma empresa invisível, o empresário precisa investir, ou seja, fazer anúncios. Isso, por si só, já é um custo para gerar uma venda.

 

Custo da desconfiança

Quanto mais desconhecida for a empresa do mercado, mais tempo e dinheiro terão que ser gastos para persuadir o quase-cliente a comprar.

Ou seja, não basta apenas fazer anúncios e sair vendendo. Vendas é um processo e isso consome um pouco de tempo, que também é um custo.

 

Custo da concorrência

Quanto mais concorrentes, mais tempo e dinheiro você terá que gastar para se diferenciar ou aparecer mais do que a concorrência.

Apesar de tudo, Conrado Adolpho afirma que isso não quer dizer que uma empresa não deve investir nesses custos para ampliar mercado. Mas essa não é, na opinião dele, a primeira alternativa que ela deve apostar se o desejo é aumentar o faturamento.

Conquistar novos clientes significa pagar para vender, o que resulta em vendas menos lucrativas.

 


Faturamento é ego, caixa é rei

Rodolpho enfatiza que vendas que geram pouco lucro não sustentam uma empresa ao longo do tempo.

Por isso, muitas empresas, mesmo vendendo bem, acabam quebrando.

O objetivo de uma empresa, afirma o empresário, deve ser sempre de obter mais lucro, e não apenas ampliar o faturamento.

Indo nesse sentido, Conrado dá algumas soluções:

  • Venda para o cliente que você já tem: essa é uma opção mais lucrativa e, com o passar do tempo, a partir desse lucro, você investe para vender ao consumidor que não conhece a sua empresa, ampliando mercado.
  • Reconquiste a mina de ouro da sua empresa: aquele cliente que já comprou de você representa oportunidade de novos negócios lucrativos na sua empresa. O que você precisa fazer é resgatá-lo.

De acordo com o empresário, a maneira mais rápida de você quebrar a sua empresa é fazer com dedicação e intensidade aquilo que não deveria ser feito. E isso acontece por falta de conhecimento estratégico.

Confira o post na íntegra:

 

Quer saber de tudo, antes de todos?

Receba as principais notícias e atualizações sobre redes sociais, ads e marketing digital resumidas no seu e-mail!

Isso pode te interessar:

OPINE:

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

Gemini no Performance Max do Google

Google está adicionando Gemini às campanhas Performance Max

Google anunciou está adicionando seu modelo de linguagem IA Gemini às campanhas Performance Max, para ajudar a criar campanhas mais eficazes

marketplace de criadores instagram

Um portfólio digital para criadores: Instagram traz marketplace de criadores para o Brasil

O novo recurso do Instagram que promete ser um portfólio digital para influenciadores chega ao Brasil e a outros sete países

5 métricas de marketing de influência que você precisa conhecer

Ao acompanhar essas métricas, você pode identificar influenciadores para refinar continuamente sua abordagem para obter melhores resultados

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.