Um chatbot somente para empresas: Amazon lança o “Amazon Q”, assistente de IA empresarial

O novo assistente de IA Q da Amazon possibilita que os usuários realizem perguntas sobre os dados de suas empresas com segurança de dados

E lá vamos nós com mais uma entrada da Amazon no mundo das Inteligências Artificiais (IA).

Agora os negócios em nuvem da Amazon A AWS lançaram uma ferramenta de bate-papo chamada Amazon Qsim, em alusão ao nome de personagens nos filmes de James Bond e nos programas de televisão de Star Trek — em que as empresas podem fazer perguntas específicas para suas empresas.

Anunciado durante um discurso do CEO da AWS, Adam Selipsky, na AWS re:Invent, o Amazon Q atua como um assistente de IA onde os usuários podem fazer perguntas sobre seus negócios usando seus dados.

Por exemplo, os funcionários podem consultar o Amazon Q sobre as diretrizes mais recentes da empresa para uso de logotipo ou entender o código de outro engenheiro para manter um aplicativo. Q pode trazer à tona as informações em vez de o funcionário examinar dezenas de documentos.

Os usuários podem acessar o Amazon Q por meio do AWS Management Console ou de páginas de documentação de empresas individuais, ambientes de desenvolvedores como Slack e outros aplicativos de terceiros.

 

O que é Amazon Q para empresas?

Q é um assistente de negócios de IA generativo que oferece integração perfeita com os dados e sistemas da sua empresa.

Conexões diretas com os serviços Adobe, Google, Microsoft, Salesforce e Slack tornam o Amazon Q uma ferramenta adaptável e versátil para a maioria das necessidades de negócios.

Além disso, você pode se conectar a plataformas como Jira, ServiceNow e Zendesk com plug-ins de terceiros da Q.

YouTube video

O Amazon Q pode funcionar com qualquer um dos modelos encontrados no Amazon Bedrock, o repositório de modelos de IA da AWS, que inclui o Llama 2 da Meta e o Claude 2 da Anthropic.

A empresa disse que os clientes que usam Q geralmente escolhem qual modelo funciona melhor para eles; conecte-se à API Bedrock para o modelo; use isso para aprender seus dados, políticas e fluxo de trabalho; e, em seguida, implante o Amazon Q.

Na prática, os usuários terão a capacidade de empregar o chatbot em aplicativos de comunicação no ambiente de trabalho, tais como Salesforce, Slack, e outras plataformas de edição de texto utilizadas por desenvolvedores de software.

Essa ferramenta, como explicado por Adam Selipsky, CEO da AWS, durante a conferência em Las Vegas, tem a capacidade de incorporar citações de documentos para respaldar as respostas no chat, efetuar automaticamente modificações no código-fonte para reduzir a carga de trabalho dos desenvolvedores e oferecer suporte na gestão online.

A AWS disse que o Amazon Q foi treinado com 17 anos de conhecimento da AWS e pode ser usado para fazer perguntas específicas ao uso da dessa. Pode sugerir os melhores serviços AWS para um projeto.

Outras empresas construíram produtos semelhantes. O Copilot da Microsoft faz algo semelhante para usuários do Windows, o Dash do Dropbox permite que as pessoas consultem seus documentos armazenados e o Notion anunciou um recurso de pesquisa de notas com tecnologia de IA este mês.

 


O grande diferencial: a segurança

A Amazon destaca que a principal vantagem do Q em comparação com seus concorrentes reside na segurança dos dados. Em um momento durante o evento de anúncio, houve até uma alfinetada aos competidores: Adam Selipsky exibiu na tela uma reportagem que ressaltava que a Microsoft chegou a restringir o uso do ChatGPT dentro da empresa devido a “questões de segurança”.

Isso ocorre porque o chatbot da OpenAI armazena uma considerável quantidade de dados do usuário, como conversas, detalhes de localização e endereço IP. É por isso que muitas empresas proíbem o uso de IA generativa, e é exatamente essa lacuna que o Amazon Q aproveita. Os dados são privados e exclusivos de cada cliente. Assim,  usuário do Amazon Q coloca os dados de sua empresa em sua própria conta e armazena essas informações da maneira mais segura possível.

 

Quem pode utilizar o Amazon Q?

Hoje, o Amazon Q está acessível para qualquer pessoa ou empresa, independentemente do país. No entanto, é importante notar que os planos mensais são em dólares, e, de acordo com informações fornecidas no site, o Amazon Q tem um desempenho superior em conversas e interações em inglês, embora possa compreender e responder em diversos idiomas.

Ainda em versão prévia, o Amazon Q está disponível em dois planos mensais de US$ 20 e US$ 25, respectivamente.

Para saber mais, confira o anúncio oficial da empresa.

Com informações de The Verge e Exame

Quer saber de tudo, antes de todos?

Receba as principais notícias e atualizações sobre redes sociais, ads e marketing digital resumidas no seu e-mail!

Isso pode te interessar:

OPINE:

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

Gemini geração de imagem

Google suspende geração de imagens por IA após erros históricos e raciais

O Gemini, ferramenta de IA do Google, gerou imagens dos nazistas e dos fundadores dos EUA como pessoas negras, gerando debate sobre racismo

Threads da Meta e Facebook

Ainda tentando! Meta está testando postagens cruzadas do Facebook para Threads

Segundo a Meta, o recurso ainda está em teste para usuários do iOS e pretende facilitar o cruzamento de postagens entre Facebook e Threads

Gemini no Performance Max do Google

Google está adicionando Gemini às campanhas Performance Max

Google anunciou está adicionando seu modelo de linguagem IA Gemini às campanhas Performance Max, para ajudar a criar campanhas mais eficazes

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.