Alternar grandes lançamentos com pequenos lançamentos pode ser a chave para seu negócio

Lançamento pequeno ou um super lançamento? Conheça as vantagens de alternar entre eles para não "acostumar" sua audiência

Founder do Pixeld, apaixonado por marketing, MBA/FGV, lançador desde 2014.

Mais lidas!

MESTRES & EXPERTS

A opinião e análise de quem faz resultado no mundo digital.

Importante:

Este texto foi produzido por um de nossos colunistas convidados. Os comentários, análises e opiniões expressos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do Pixeld ou de seus controladores.

Lançamentos

“Lançamento bom é lançamento grande, com mega investimento e superprodução.” Se já passou pela sua mente a ideia de que seus lançamentos dependem de uma produção hollywoodiana para, aí sim, darem certo… é hora de rever isso.

Há pouco tempo, era comum ver os big players fazendo somente 3 ou 4 super lançamentos no ano e manterem a empresa em cima dessa estratégia.

Demandava esforço, energia e (muito) dinheiro, mas o tão querido ROI (retorno sobre o investimento) compensava.

Só que hoje as coisas mudaram um pouco.

Hoje em dia, vários especialistas em marketing digital defender que ter um celular é a única coisa necessária para começar e lançar. Com certeza você já ouviu isso por aí.

Em 2013-2014, quem fez lançamentos by the book com as ferramentas mais simples possíveis, ganhou muito dinheiro e relativamente rápido. Com isso, os lançamentos foram ficando mais elaborados, maiores e cinematográficos.

E o público se acostumou com essa grandiosidade, era um evento que realmente paravam para assistir.

Existiam os lançamentos mais simples, mas o que enchia os olhos eram aqueles super produzidos.

Um dos discursos mais ouvidos de Erico Rocha é que ter um celular é a única coisa necessária para começar e lançar.
Um dos discursos mais ouvidos de Erico Rocha é que ter um celular é a única coisa necessária para começar e lançar. Imagem: Erico Rocha

 

A culpa é da audiência

O combo pandemia + entrada massiva de pessoas no marketing digital e nas redes sociais, obrigou uma reformulação do trajeto.

Por meses nós mal saíamos de casa, quem dirá reunir a equipe em um espaço fechado para realizar um super lançamento. Veio, então, a “era de ouro das lives”: quem queria lançar, tinha que fazer isso com as poucas ferramentas disponíveis.

Era ligar uma live no celular, arrumar um cantinho da casa para montar um cenário, deixar a iluminação com a luz natural da janela ou improvisar um ring light e lets go.

Você chegou a lançar dessa forma?

O ponto é que a audiência começou a gostar dessa forma mais natural, não só no quesito lançamentos, mas também com relação aos conteúdos das redes sociais. A pandemia passou (ainda bem), os eventos voltaram, algumas coisas se mantiveram e outras pioraram.

 


Big lançamentos e lançamentos simples

Custo por lead (CPL) cada vez mais alto, ROI cada vez mais sofrido, custos cada vez maiores e a “marca da maçã” dificultando as campanhas de captação.

Além da audiência ter gostado de um estilo mais espontâneo e menos montado, o mercado pós-pandemia tornou quase impossível fazer um negócio faturar (e consequentemente se manter) baseado na estratégia de poucos grandes lançamentos ao ano.

 

Alternar lançamentos

Existe uma questão própria do ser humano que, hora ou outra, faria as superproduções perderem a tração.

Por exemplo: Se você dirigisse uma Ferrari todo dia, em pouco tempo aquilo se tornaria normal, perderia o encanto e você ficaria mal acostumado se algum dia voltasse a dirigir um carro um pouco mais popular.

Você já deve ter comprado um tênis, roupa ou item de decoração mais luxuoso e, depois de um tempo, aquilo já não fazia seus olhos brilharem tanto enquanto era uma novidade.

O efeito UAU uma hora acaba.

Por isso, por mais dinheiro que você tenha, não deixe seu público ficar mal acostumado a andar de Ferrari todo dia, ou seja, não faça uma super produção em todo lançamento.

Comece a reparar, a esmagadora maioria de big players não se limita mais a 3 grandes lançamentos no ano. Valeska Bruzzi e Pedro Sobral são ótimos exemplos.

 

A hora dos grandes lançamentos

Se esse for o momento da sua empresa começar a fazer grandes lançamentos, faça, mas faça direito.

Aqui vão alguns detalhes que você não pode deixar de lado.

 

1. Quanto maior a altura, maior o tombo

Uma superprodução vai demandar um grande investimento, não tem como fugir disso.

E, para quem quer dinheiro no bolso, grandes investimentos devem significar não apenas um grande retorno, mas um grande retorno sobre o investimento.

Investir 3 milhões e ter o retorno de 1 milhão não vai te resolver a vida.

 

2. Só o dinheiro não vale nada

Você precisa de estratégia. Além de dinheiro, lançamento é tempo e desgaste.

Quanto maior o evento, maiores os detalhes, o risco, a organização e maior a necessidade de energia e inteligência emocional para aguentar o ritmo pesado — além dos imprevistos.

 

3. Dê um tiro certo

Antes de investir tempo, dinheiro e energia em uma superprodução, tenha certeza de que:

Como mencionei no começo dessa conversa, não faça apenas grandes lançamentos, mas quando o fizer, separe uma data especial e uma oferta especial para trazer a esse momento o efeito UAU.

 

A hora dos lançamentos mais simples

Com a difusão das estratégias de diversos lançamentos mais rápidos e simples de serem executados, além da possibilidade de ter produtos no perpétuo, ouso dizer que toda hora é hora de vender.

  • Lançamento orgânico voltado para público quente;
  • Lançamento meteórico para grupos de WhatsApp;
  • Carta de vendas por e-mail;
  • Reabertura relâmpago de carrinho;
  • Downsell;
  • Upsell;
  • Perpétuo.

Para isso, é importante pensar na sua esteira de produtos e organizar vários funis de captação e vendas.

O que você jamais pode perder de vista é que os eventos gravados na sala de casa ou em um grande espaço com um belo telão de LED, a qualidade dos seus produtos e do seu evento devem sempre ser ímpares.

 

Jogo de longo prazo + faturamento

Se você chegou até aqui, é porque não está de brincadeira no mundo dos lançamentos. Logo, você está em busca de crescer, faturar e construir um nome de respeito nesse meio.

Por isso, o único caminho para você é jogar com o longo prazo.

Sendo assim, você já deve ter entendido que só as superproduções não vão manter seu negócio e faturar quanto deveria.

Deixe o UAU para um momento especial — até rimou rs.

Da mesma forma, ao fazer só pequenos lançamentos (cresça passo a passo, não coloque o carro na frente dos bois), você pode estar deixando dinheiro na mesa.

O segredo é mesclar e dividir o risco de cada lançamento em vários eventos ao longo do ano, em vez de apostar todas as fichas em 3 produções hollywoodianas.

 

Nunca se esqueça disso

Lembre-se que, independentemente do tipo de lançamento escolhido, é indispensável ter:

  1. Antecipação, curiosidade e uma promessa impossível de se ignorar;
  2. Público qualificado e captação acertada (paga ou orgânica);
  3. Pegar pesado em resolver dores e aguçar desejos;
  4. Dar conteúdo de verdade no evento, contar histórias e apresentar o especialista como autoridade;
  5. Mostrar a lógica entre a transformação e seu produto;
  6. Depoimentos reais – ainda que seja o seu próprio;
  7. Uma bela oferta com gatilhos da escassez e urgência;
  8. Um belo produto que resolva o problema da audiência.

Agora as cartas estão nas suas mãos, decida como jogá-las.

Escrito por:

Isso pode te interessar:

VEJA TAMBÉM:

Anúncios do Facebook

Como ser um anunciante altamente eficaz no Facebook

Anunciar no Facebook não precisa ser complexo! Descubra 7 princípios básicos para facilitar o gerenciamento da sua conta de anúncios

Leandro Ladeira

Leandro Ladeira e o passo a passo do engajamento no Instagram

Descubra com Leandro Ladeira estratégias eficazes para aumentar o engajamento no Instagram e construir conexões autênticas

nova campanha pinterest

Pinterest lança nova campanha que destaca as vantagens dos anúncios em forma de pin

A nova campanha do Pinterest tem a intenção de mostrar de forma humorada as vantagens da plataforma para profissionais de marketing

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.