8 tendências de marketing de vídeo que você precisa conhecer!

Descubra as 8 tendências de marketing de vídeo essenciais para aumentar o engajamento e gerar mais receita para o seu negócio

As tendências de marketing de vídeo evoluíram para um dos aspectos mais importantes a serem considerados em sua estratégia de marketing de conteúdo.

Seja um anúncio de 30 segundos, um vlog ou uma filmagem ao vivo, os vídeos em destaque em seu conteúdo são uma das formas mais populares e eficazes de envolver seu público.

Na verdade, o vídeo é preferido por 80% das pessoas em relação ao texto escrito e já está sendo usado por 87% das empresas como ferramenta de marketing.

Se isso não for suficiente para convencê-lo, a pesquisa também mostra que 88% dos consumidores foram convencidos por um vídeo de marketing a comprar produtos e serviços.

O conteúdo de vídeo é um recurso fundamental para alcançar seu público. Use essas 8 tendências de marketing de vídeo para gerar tráfego e receita.

 

8 tendências de marketing de vídeo para gerar tráfego e receita

Se uma imagem vale mais que mil palavras, imagine o que o conteúdo de vídeo pode fazer pelo seu negócio.

Aqui estão 8 tendências de marketing de vídeo que você precisa conhecer para maximizar sua receita.

 

1. Vídeo ao vivo (lives)

O vídeo ao vivo tornou-se crucial em 2020 devido à pandemia, permitindo que startups, grandes marcas e influenciadores se conectassem com os consumidores.

Essa forma de conteúdo se expandiu para várias áreas, desde promoções de produtos por influenciadores até shows virtuais de artistas.

Para os profissionais de marketing de conteúdo, o vídeo ao vivo é uma tendência essencial a ser seguida, pois a demanda do consumidor por esse tipo de conteúdo continua crescendo.

Os usuários se envolvem mais com vídeos ao vivo, assistindo três vezes mais no Facebook em comparação aos vídeos pré-gravados e gerando seis vezes mais interações.

Apesar disso, apenas 28% dos profissionais de marketing de vídeo planejam usar o Facebook Live e outras plataformas de mídia social em suas estratégias.

Em resumo, as marcas têm uma oportunidade valiosa de aumentar o engajamento e obter uma vantagem competitiva através do uso do vídeo ao vivo. É hora de aproveitar essa tendência em crescimento.

 

2. Produção de smartphones

O marketing de vídeo não requer mais equipamentos caros ou grandes orçamentos de produção.

Até mesmo marcas que podem pagar por essas coisas estão usando smartphones para criar conteúdo autêntico e relacionável.

Um exemplo bem-sucedido disso é a campanha #ShotOniPhone da Apple, na qual os usuários enviam suas melhores fotos para ter a chance de serem apresentadas em comerciais ou outdoors da Apple.

YouTube video

A campanha recebeu milhões de envios e mostrou que o conteúdo de vídeo criado em um smartphone pode ser tão bom quanto o da mídia tradicional.

Influenciadores de mídia social superaram profissionais de marketing de vídeo na criação de conteúdo para smartphones, incluindo TikToks perfeitamente editados, vlogs e anúncios patrocinados.

As marcas estão percebendo que o conteúdo autêntico gera mais impacto nos consumidores do que anúncios de vendas tradicionais.

Portanto, se você está pensando em criar conteúdo de vídeo, não se preocupe com equipamentos sofisticados. Tudo o que você precisa é de inspiração e um smartphone em mãos.

 

3. Vídeos otimizados para pesquisa

Vídeos otimizados para busca são poderosos.

A Forrester descobriu que eles têm 53 vezes mais chances de alcançar a primeira página do que outras técnicas de SEO.

O Google exibe trechos de vídeo em 26% dos resultados de pesquisa, e os usuários tendem a clicar neles.

Para otimizar seus vídeos, foque em três áreas: relevância, consistência e otimização técnica.

Seja relevante, respondendo às perguntas dos consumidores, educando-os e criando conteúdo interessante.

Seja consistente, publicando vídeos com frequência em seu site para aumentar o tráfego.

Não se esqueça das etapas técnicas, como tags de título, palavras-chave, imagens em miniatura adequadas e respostas aos comentários.

 

4. Vlogs

A narrativa da marca é essencial para se conectar com os consumidores, e vlogs são ótimos para contar histórias e compartilhar informações sobre produtos.

94% das pessoas afirmam que assistir a vídeos de marca influencia suas decisões de compra.

Vlogs educam o público de forma econômica, posicionando o criador ou a marca como protagonista.

Influenciadores já dominam os vlogs em diversos temas. Agora, as marcas também devem aderir a essa tendência para criar conexões humanas, mostrar personalidade e atrair o público.

YouTube video

 

5. Stories nas redes sociais

Histórias nas redes sociais mostram a personalidade da marca e criam conexões pessoais.

São mais casuais do que os vlogs e oferecem interações diversas.

Faça perguntas e respostas, enquetes e peça aos clientes para marcar você em suas próprias histórias.

(Imagem: Agência Azul)

 

6. Vídeos AR/VR

A Realidade Aumentada (AR) e a Realidade Virtual (VR) estão se tornando tendências importantes no marketing de vídeo.

A pandemia acelerou seu crescimento, com várias indústrias utilizando essas tecnologias para criar experiências virtuais.

Lojas de varejo, profissionais de saúde e educadores adotaram AR e VR para oferecer conveniência e envolvimento aos consumidores.

Embora não substituam totalmente a experiência pessoal, essas opções virtuais são essenciais para os profissionais de marketing de vídeo.

 

7. vídeos silenciosos

Os profissionais de marketing de hoje estão criando vídeos especificamente para serem assistidos silenciosamente. Parece loucura, certo? O objetivo de um vídeo não é ter imagem e som? Não mais.

Incríveis 85% dos vídeos no Facebook são assistidos sem som.

As pessoas assistem a vídeos em seus smartphones onde quer que vão – em salas de espera lotadas, no transporte público, em salas de aula.

Isso significa que, se você deseja que as pessoas fiquem por perto e assistam ao seu conteúdo, é necessário otimizá-lo para visualização silenciosa.

A boa notícia é que, na maioria das vezes, basta adicionar legendas ocultas para manter as pessoas envolvidas.

As pessoas assistem a anúncios legendados por 12% a mais, em média, do que vídeos sem legendas. Uma solução rápida!

 

8. Conteúdo gerado por usuários (UGC)

Os consumidores confiam mais no conteúdo gerado pelo usuário do que no conteúdo de marca.

Na verdade, 60% dos consumidores acham que o UGC é mais autêntico e confiável do que o conteúdo da marca.

Em vez de lutar contra a tendência, você pode fazer parceria com clientes satisfeitos para que eles atuem como defensores da marca.

Os clientes podem gerar conteúdo de vídeo em seus próprios canais sociais e você pode compartilhá-lo novamente para dar mais visibilidade.

Com o tempo, esse conteúdo gerado pelo usuário constrói a confiança do consumidor e influencia as decisões de compra.

E encontrar defensores da marca pode ser fácil com a abordagem certa!

Oferecer incentivos, trabalhar com influenciadores, criar programas de referência e simplesmente pedir são maneiras de atrair clientes satisfeitos compartilhando histórias e vídeos sobre suas experiências positivas com sua marca.

Fonte: Marketing Insider Group

Quer saber de tudo, antes de todos?

Receba as principais notícias e atualizações sobre redes sociais, ads e marketing digital resumidas no seu e-mail!

Isso pode te interessar:

OPINE:

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

Threads da Meta e Facebook

Ainda tentando! Meta está testando postagens cruzadas do Facebook para Threads

Segundo a Meta, o recurso ainda está em teste para usuários do iOS e pretende facilitar o cruzamento de postagens entre Facebook e Threads

Gemini no Performance Max do Google

Google está adicionando Gemini às campanhas Performance Max

Google anunciou está adicionando seu modelo de linguagem IA Gemini às campanhas Performance Max, para ajudar a criar campanhas mais eficazes

marketplace de criadores instagram

Um portfólio digital para criadores: Instagram traz marketplace de criadores para o Brasil

O novo recurso do Instagram que promete ser um portfólio digital para influenciadores chega ao Brasil e a outros sete países

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.