trending topics:

BIG PLAYERS

Bruno Picinini

Bruno Picinini
Conhecido por:
Bruno Picinini é uma referência no Brasil em inteligência artificial no mercado de marketing digital e idealizador do projeto expertOS.
Principais produtos:
Marketing Raiz, expertOS e SEDE.
Onde mora?
Porto Alegre

E-mail de contato:

IMPORTANTE:

Este artigo foi produzido pelos nossos jornalistas a partir de pesquisas em sites, entrevistas e podcasts, agrupando informações disponibilizadas publicamente pelo player, inclusive em suas redes sociais. As fontes e links encontram-se no final do artigo. Caso verifique algum erro, nos avise aqui pelo contato.

Quem é Bruno Picinini? História, carreira e principais produtos

Somos o resultado dos livros que lemos, das viagens que fazemos e das pessoas que amamos.

Esta não é uma frase de Bruno Picinini, mas poderia ser. 

A partir de suas vivências pessoais e profissionais, o especialista em marketing digital usa toda a sua bagagem para orientar outras pessoas que querem se aventurar pelo digital. 

Até o momento, o expert já viajou por mais de 70 países e escreveu dois livros. 

São eles: “Férias sem fim: Trabalhe de qualquer lugar, saia de férias quando quiser e conquiste sua liberdade financeira.” 

E o “Curtidas não pagam as contas”. 

Através de suas redes sociais, no YouTube e do projeto expertOS, Bruno leva ao público insights sobre empreendedorismo, inteligência artificial e estilo de vida. 

Mas o que levou Picinini a abandonar a Arquitetura e se jogar no vasto mundo das vendas on-line? 

Descubra neste artigo detalhes sobre a vida do especialista, os rumos de sua carreira e como nasceu sua paixão pelo marketing digital. 

Bruno Picinini

De arquiteto a viajante

Ao invés de construir casas, Bruno decidiu usar as ferramentas do marketing como equipamento para edificar ideias. 

Em agosto de 2010, Picinini se formou em Arquitetura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 

Porém, em outubro do mesmo ano, o jovem largou tudo para criar o seu primeiro negócio on-line. 

O que começou com “Dar um Google” para descobrir formas de divulgar seu trabalho como arquiteto, se transformou em uma mudança de rota. 

Entre as pesquisas, Bruno encontrou o marketing digital e viu nele uma oportunidade de praticar o estilo de vida que tanto buscava: poder viajar e trabalhar em qualquer lugar do mundo. 

Neste ponto, Picinini já tinha morado em outros países, como Inglaterra, Itália e Alemanha.  

Outro pontapé que fez o expert trocar de área profissional foi o contato com o livro “Trabalhe 4 horas por semana”, de Timothy Ferriss. 

Se é pra tentar algo assim, que seja agora. Qualquer coisa eu volto pra arquitetura depois.

Com este pensamento e tendo terminado a faculdade, o especialista sentiu a segurança que precisava para migrar da área em que atuava. 

Detalhe: nem sempre Bruno encarou o marketing com bons olhos. 

Em certo ponto, ele tinha em mente que marketeiros e vendedores apelavam e manipulavam as pessoas a comprarem coisas que não precisavam. 

Entretanto, a convivência com mentores e conteúdos sobre a área o fizeram mudar de pensamento e se encantar pelo nicho. 

 


Bruno Picinini e as férias sem fim

À princípio, a carreira de Bruno na web passou pelos caminhos do AdSense e da área de afiliados. 

Na sequência, em 2013, conseguiu ficar um ano viajando por diferentes locais do globo, trabalhando on-line. 

Diante desta experiência, Picinini começou a realizar publicações em seu site, que falava sobre viagens e marketing digital. 

O resultado? 

Surgiu o curso Férias Sem Fim, que orientava as pessoas a montarem um negócio on-line, começando do zero e com liberdade geográfica. 

Adiante, o conteúdo também foi compilado em livro, que ensina os leitores a gerar renda aproveitando mais a vida e trabalhando menos. 

Neste cenário e em seus projetos posteriores, Bruno vem trabalhando com uma abordagem chamada de Marketing Raiz. 

 

Bruno Picinini, Marketing Raiz e a SEDE

O profissional relata que tem como missão ensinar o Marketing Raiz

Para entender melhor: este é um modelo de ação que privilegia a qualidade do produto, que por si mesmo é capaz de se autopromover. 

Nas palavras de Bruno:

Você oferece um produto ou serviço tão perfeito para o seu cliente ideal, que você nem sequer precisa vendê-lo, ele se vende sozinho.

Neste sentido, a ideia é colocar o cliente ideal como prioridade número um. 

O que não significa deixar de lado as outras técnicas de divulgação publicitária.

A virada de chave é entender que o marketing está na essência de todo o negócio.  

Para transformar este conceito em prática, Picinini recomenda recorrer à SEDE.

Ou seja, trabalhar com modelos de campanha Simples, Enxutos, Divertidos e Escaláveis (SEDE). 

E, durante o processo, utilizar uma linguagem direta e humanizada.

Mas, para além do Marketing Raiz, Bruno também se tornou referência quando o assunto é inteligência artificial aplicada ao marketing digital. 

YouTube video

 

Bruno Picinini e a inteligência artificial 

Com a chegada em massa das inteligências artificiais em todas as áreas do mercado, Bruno ficou de antenas ligadas e passou a se dedicar às inovações tecnológicas. 

Neste sentido, desenvolveu um programa direcionado para especialistas e estrategistas digitais que já estão em campo: o expertOS. 

 

expertOS

O projeto elaborado por Picinini tem o objetivo de escalar cursos, treinamentos e mentorias usando a força e o dinamismo dos sistemas de IA. 

Assim, a ideia central é construir um sistema operacional único para o negócio de cada cliente (o OS: Operational System), em 6 módulos. 

Durante o processo, há a disponibilidade de suporte para garantir que a aplicação do método seja feita do jeito certo.

 

Lições e conselhos de Bruno Picinini

 

Encarar a corda e olhar para frente. 

Em uma entrevista ao podcast do Kiwicast, Bruno Picini destaca a importância de manter o foco e a concentração para alcançar suas metas. 

Bruno conta que fez um curso de freediving

A técnica consiste em mergulho livre em apneia, onde o mergulhador utiliza apenas o ar reservado nos pulmões, uma máscara de mergulho, respirador e nadadeiras. 

Porém, na hora de voltar à superfície, o instrutor disse que Bruno ficava olhando com frequência para cima. 

O que resultava nas seguintes questões: 

  • Primeiro: não adiantava nada, porque só pela observação, Bruno não conseguiria chegar mais rápido.
  • Segundo, tal atitude poderia deixá-lo mais nervoso, o que aceleraria o batimento cardíaco e, por consequência, gastaria mais oxigênio. 

Ou seja, fatores que afetariam negativamente o desempenho de Bruno. 

Então, surgiu a lição: “pare de olhar para cima e foque na corda”

Ou seja, é necessário manter o foco no que está ao seu alcance e no que você controla, para não entrar em desespero, além de evitar frustrações e fracassos.

Não obstante, Bruno relata que usa a história como uma forma de copy em suas palestras, uma vez que é mais interessante aplicar uma metáfora com base em uma experiência única, do que se voltar aos clichês motivacionais. 

Para saber mais sobre essa história e outros conselhos de Bruno Picinini assista ao episódio a seguir. 

Você também pode acompanhar o trabalho do expert através do seu perfil no Instagram e em seu canal no YouTube

YouTube video

Isso também pode te interessar:
Mais histórias de Big Players:

Erico Rocha

Erico Rocha é um dos grandes destaques no cenário do marketing digital no Brasil. Empreendedor, apaixonado por esportes, casado, pai de dois filhos e atualmente

Leia mais »

Marcos Paulo

Marcos PauloMarcos Paulo atualmente é um dos maiores estrategistas digi… >> VER TUDO! atualmente é um dos maiores estrategistas digitais do Brasil. Ao lado de

Leia mais »
Conrado Adolpho

Conrado Adolpho

Conrado AdolphoConrado Adolpho é um especialista em marketing digital, emp… >> VER TUDO! é um especialista em marketing digital, empreendedor serial, mentor, palestrante e escritor

Leia mais »

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.