Universal Music retirou suas músicas do TikTok, por divergências de pagamento

Após de o TikTok e a Universal não chegarem a um acordo de direitos autorais, a empresa musical retirou todas as suas músicas do aplicativo

Isso pode ter um grande impacto no TikTok, afetando criadores e usuários da plataforma, especialmente considerando o papel crescente que a música desempenha no aplicativo.

Depois que as negociações entre o TikTok e o Universal Music Group não conseguiram chegar a um novo acordo sobre os direitos de uso, a Universal retirou suas músicas do aplicativo desde quinta-feira (1º).

A Universal, que abriga algumas das maiores estrelas da música do planeta, incluindo Taylor Swift, Adele, Drake e Billie Eilish, diz que o TikTok ofereceu menos do que esperava tanto em compensação para seus artistas, quanto em salvaguardas sobre geração generativa — uso de inteligência artificial (IA).

O atual acordo de direitos da Universal com a TikTok, que foi originalmente assinado em 2021, terminou em 31 de janeiro, sendo todo o conteúdo de propriedade da Universal removido do aplicativo.

 

Qual o lado da Universal na discussão?

De acordo com a Universal:

[Universal e TikTok] não concordaram com os termos de um novo acordo e, após a expiração do acordo atual, o Universal Music Group, incluindo o Universal Music Publishing Group, deixará de licenciar conteúdo para os serviços TikTok e TikTok Music.

A Universal chegou ao ponto de dizer que o TikTok tentou “intimidá-los” nas negociações, usando seu alcance de audiência como meio de reduzir o atual acordo de pagamento.

À medida que nossas negociações continuavam, o TikTok tentou nos intimidar para que aceitássemos um acordo de valor inferior ao anterior, muito inferior ao valor justo de mercado e que não refletia seu crescimento exponencial.

Como ele tentou nos intimidar? Removendo seletivamente a música de alguns dos nossos artistas em desenvolvimento, mantendo na plataforma as nossas estrelas globais que impulsionam o público.

As táticas do TikTok são óbvias: usar o poder de sua plataforma para prejudicar artistas vulneráveis e tentar nos intimidar para que aceitemos um mau acordo que subvaloriza a música e engana artistas e compositores, bem como seus fãs.

A Universal afirmou ainda que o TikTok “está tentando construir um negócio baseado na música, sem pagar um valor justo pela música”.

 


E o que disse o TikTok?

Em resposta, o TikTok disse que está decepcionado com o fato de a Universal ter abandonado um “veículo gratuito de promoção e descoberta” para seus artistas.

“Declaração em resposta à Universal Music Group. É triste e decepcionante que a Universal Music Group tenha colocado sua própria ganância acima dos interesses de seus artistas e compositores. Apesar da narrativa e retórica falsas da Universal, o fato é que eles optaram por se afastar do forte apoio de uma plataforma com mais de um bilhão de usuários, que serve como um veículo gratuito de promoção e descoberta para seu talento. O TikTok foi capaz de firmar acordos ‘centrados nos artistas’ com todas as outras gravadoras e editoras. Claramente, as ações autosservidoras da Universal não estão nos melhores interesses de artistas, compositores e fãs.”

É uma medida drástica por parte da Universal, visto que o TikTok é uma plataforma de marketing valiosa para seus artistas. No entanto, a Universal também tem uma boa influência, visto que é a maior gravadora do mundo com alguns dos artistas mais populares.

De qualquer forma, é um golpe tanto para os criadores quanto para os usuários da plataforma. Especialmente considerando que o TikTok tornou a música um foco muito maior ultimamente, enquanto trabalha para capitalizar seu valor crescente como uma plataforma de descoberta de música.

 

A importância da música no TikTok

Um relatório encomendado pelo TikTok mostrou que os usuários da plataforma são significativamente mais propensos a descobrir e compartilhar novos conteúdos musicais no aplicativo, enquanto 75% de seus usuários também encontram novos artistas por meio de vídeos do aplicativo.

Isso, por sua vez, também tornou o TikTok uma consideração crítica para as gravadoras, que buscam apresentar seus artistas e faixas mais recentes. A plataforma já desencadeou novas carreirasrejuvenesceu carreiras mais antigas e ainda hoje alguns artistas mudam os nomes de suas músicas para se alinharem melhor às tendências do aplicativo.

Diante disso, dá para ver por que o TikTok poderia se considerar mais valioso para as gravadoras do que o contrário, o que teria influenciado nessas negociações. Mas o resultado final, que tanta música popular será retirada, terá um grande impacto, para ambos os lados.

Fonte: Social Media Today

Quer saber de tudo, antes de todos?

Receba as principais notícias e atualizações sobre redes sociais, ads e marketing digital resumidas no seu e-mail!

Isso pode te interessar:

OPINE:

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

Gemini geração de imagem

Google suspende geração de imagens por IA após erros históricos e raciais

O Gemini, ferramenta de IA do Google, gerou imagens dos nazistas e dos fundadores dos EUA como pessoas negras, gerando debate sobre racismo

Threads da Meta e Facebook

Ainda tentando! Meta está testando postagens cruzadas do Facebook para Threads

Segundo a Meta, o recurso ainda está em teste para usuários do iOS e pretende facilitar o cruzamento de postagens entre Facebook e Threads

Gemini no Performance Max do Google

Google está adicionando Gemini às campanhas Performance Max

Google anunciou está adicionando seu modelo de linguagem IA Gemini às campanhas Performance Max, para ajudar a criar campanhas mais eficazes

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.