Google Ads: 9 dicas para maximizar Campanhas de Geração de Leads com menos custo

Conheça nove alavancas que podem impulsionar suas campanhas do Google Ads em direção a um crescimento significativo

Você está pronto para impulsionar suas campanhas de pesquisa e transformá-las em fontes lucrativas de leads, sem comprometer seu orçamento? Se a resposta for sim, é hora de considerar a escalada da sua presença no Google Ads.

Toda jornada no Google Ads começa modestamente, mas chega um ponto em que ajustar suas campanhas pode gerar um aumento significativo de leads.

Sendo assim, vamos explorar o que esperar durante esse processo, identificar elementos controláveis para potencializar seus resultados e aprender a reconhecer os sinais de que chegou o momento certo para escalar.

Ampliar no Google Ads não se resume apenas a aumentar o orçamento; envolve explorar novas configurações, ajustar peças móveis, solicitar suporte adicional e fornecer insights valiosos.

Ao seguir estratégias sólidas, você estará no caminho certo para transformar suas campanhas em verdadeiros motores de crescimento.

 

As 9 alavancas que você pode usar para escalar o PPC de geração de leads

Investir dinheiro em um desafio pode funcionar em outro lugar, mas dimensionar uma conta do Google Ads exige um pouco mais de cuidado.

Simplesmente aumentar seus gastos não será suficiente, então considere estas nove táticas que podem influenciar o crescimento em vários graus (tanto em conjunto quanto isoladamente).

 

1. Segmente novos locais

Depois de atingir o limite máximo da parcela de impressões, uma maneira de expandir a escala do seu programa de pesquisa é procurar regiões geográficas adicionais para segmentar.

Ao segmentar um condado ou raio de milha específico, às vezes pode ter bons resultados segmentando diferentes versões da mesma área. Na verdade, todos eles têm como alvo o mesmo lugar, mas de alguma forma isso constrói seu público porque captura um pouco mais de pessoas.

 

2. Adicione novas palavras-chave

Se você iniciou sua campanha de pesquisa segmentando um pequeno grupo de palavras-chave, há uma boa chance de poder expandir simplesmente segmentando novas consultas.

  • Existem palavras-chave relacionadas ao setor ou problema que você está abordando e que não foram segmentadas?
  • Existem coisas novas que as pessoas estão procurando?
  • Você tem palavras-chave baseadas em localização que pode buscar, mesmo que seja apenas adicionando termos de localização ao final de uma palavra-chave existente?

Todas essas são maneiras de abrir seus anúncios para pessoas que precisam do que você tem, mas que podem não ter sido os destinatários de seus anúncios anteriores.

Fora das palavras-chave, seu tipo de correspondência também pode abrir novas oportunidades. Se você ainda não adicionou a correspondência ampla às suas campanhas, pode começar a testá-la para abrir seus anúncios para uma gama de tráfego muito mais ampla.

 

3. Otimize seus gastos

Simplesmente gastar mais costuma ser uma ótima maneira de levar suas campanhas de pesquisa em estágio inicial para o próximo nível. Isso é mais fácil quando você não está capturando uma grande porcentagem de impressões disponíveis, pois o aumento do orçamento encontrará pessoas mais relevantes para exibir seus anúncios. Portanto, você provavelmente poderá dobrar um orçamento de US$ 100 e obter o dobro de leads.

No entanto, à medida que você aumenta seu orçamento, encontrar novas conversões se tornará mais difícil porque menos pessoas pesquisam termos relevantes. Portanto, quando você gasta milhares e tem uma parcela de impressões saudável, obterá menos conversões à medida que aumenta seus gastos.

Outra área a ser monitorada é se os canais estão consumindo seus gastos, trazendo leads indesejados ou cliques irrelevantes. Desativar recursos como parceiros de pesquisa e Rede de Display pode abrir oportunidades para gastar esse dinheiro onde há maior probabilidade de gerar lucro.

Da mesma forma, experimentar uma nova campanha com um novo objetivo pode ser uma forma de encontrar oportunidades que você nem sabia que existiam.

 

4. Crie landing pages dedicadas

Normalmente se inicia campanhas direcionando tráfego para a página inicial de um site. Está pronto, então vamos ver como vai. Se o desempenho não for tão bom quanto você gostaria, construa uma landing page dedicada.

O objetivo de uma landing page dedicada é ser:

  • Relevante.
  • Organizada.
  • Rápida para carregar.
  • Clara na copy e na chamada para ação (CTA).

Em geral, as pessoas normalmente se concentram em reduzir a taxa de rejeição. Com páginas de destino de geração de leads, você quase deseja uma alta taxa de rejeição porque o inverso disso é aumentar sua taxa de conversão.

Ao criar uma escolha binária para qualquer pessoa que acesse a página – converter ou sair – você obterá uma taxa de conversão mais alta.

Faça isso sendo o mais claro possível:

  • Que ação o visitante deve tomar?
  • Por que eles deveriam aceitar?
  • Por que eles deveriam confiar em você?
  • O que acontecerá depois que eles o tomarem?

Isso pode levar a uma taxa de rejeição mais alta, mas isso não é necessariamente ruim. Se você obtiver sua taxa de conversão de 5% para 10% e seu custo por clique aumentar 30%, você ainda terá um custo por lead mais barato do que antes.

É um componente frequentemente esquecido do Google Ads – ou de qualquer campanha de marketing digital em geral.

 

5. Teste variações da landing page

A otimização da página de destino é uma alavanca significativa que muitos gerentes do Google Ads não utilizam, e muitas vezes pode ser porque não sabem por onde começar.

Aqui estão algumas das práticas recomendadas:

  • Experimente remover o cabeçalho/navegação do site, com um logotipo indo para a página inicial, mas sem outros links na página.
  • A página deve carregar rapidamente e responder ao dispositivo em que é acessada. Muitas páginas de destino não são compatíveis com dispositivos móveis quando deveriam ser.
  • Seu formulário deve ser destacado, fácil de preencher, não muito complicado e ter apenas quantos campos forem necessários.
  • Para conversões baseadas em CTA, um botão clique para ligar com um CTA claro é obrigatório. Não se esqueça de rastrear isso.
  • Certifique-se de exibir credibilidade acima da dobra. Avaliações de clientes, links para sites de avaliação e credenciamentos da mídia ou do setor permitem que outras pessoas avalizem você e conquistem a confiança dos visitantes.
  • Inclua conteúdo abaixo da dobra para que, à medida que as pessoas navegam, possam aprender mais sobre o negócio, o que você faz, sua solução e seus benefícios. Intercale isso com CTAs entre as seções.

 

6. Variações do formulário de teste

Se o seu método de coleta de leads for baseado em formulário, a estrutura e o conteúdo dos seus formulários se tornarão críticos para a qualidade da conversão.

Um formulário básico contém de três a quatro campos, como:

  • Nome completo (ou dividido em nome e sobrenome).
  • E-mail.
  • Número de telefone.

A ideia é garantir que apenas os clientes em potencial preencham seus formulários, reduzindo o número de leads inúteis e melhorando sua taxa de qualificação. Isso lhe dá uma ideia melhor do seu mercado endereçável, em vez de ver um volume de leads inflacionado, gerando melhores previsões.

Outro truque que muitas vezes ajuda a conseguir a conversão é colocar um ícone de cadeado e dizer que seus dados estão 100% seguros e não serão compartilhados. Isso lida com outra preocupação ou objeção antecipadamente e aumenta a confiança.

 

7. Qualifique seus leads

É importante conectar contas de geração de leads com seus dados de CRM sempre que possível, para que possamos nos concentrar na geração de leads que gerem resultados de negócios.

Digamos que você tenha um cliente que vende um item específico feito sob medida. Seu formulário solicitará as informações de contato e qualificadores usuais, mas você também pode permitir que eles insiram essas dimensões ou medidas.

O que você deseja procurar é quais leads chegam com medidas e quais leads não as possuem e, geralmente, os primeiros serão de qualidade muito superior. Se alguém dedicar algum tempo para realizar uma ação fora do formulário para preenchê-lo, isso indica que ele realmente deseja o que você está vendendo.

Esses leads podem ser marcados adequadamente e enviados de volta ao Google por meio de importações de conversões off-line, permitindo que o sistema busque mais usuários como eles. Não apenas isso, mas sua equipe de vendas saberá quais leads procurar primeiro, tornando isso uma melhoria holística em sua capacidade de fechar mais negócios com mais rapidez.

 

8. Configure conversões otimizadas

Você deve configurar conversões otimizadas, se puder. Seu principal uso é permitir que o Google rastreie os usuários, mesmo quando ecossistemas como o da Apple e outros dispositivos tornam isso mais difícil. À medida que avançamos em direção a um futuro sem cookies, isso permite que o Google rastreie o que seus pixels não conseguem.

Isso exige que você forneça ao Google dados pessoais, como e-mails e números de telefone, para que o sistema possa combiná-los com uma conta que eles sabem que clicou no anúncio. Isso captura 10% adicionais de informações do usuário, tornando-se um sinal extra que é bom ter.

Mas provavelmente será consideravelmente mais importante no futuro, então comece na frente, se puder!

 

9. Camada em Performance Max

Depois de expandir cada uma das outras estratégias, e parece que você está esgotado e realmente não consegue tirar mais nada delas, pode ser bom considerar adicionar camadas ao Performance Max se (e somente se) você tiver algum tipo de conversão off-line monitorando. Caso contrário, você receberá uma tonelada de spam.

Há duas maneiras de adicionar Performance Max a campanhas de geração de leads:

  • Continue com o CPA desejado e envie seus leads qualificados de volta ao Google a partir de seus dados de CRM usando importações de conversões off-line.
  • Dê um lance para um ROAS desejado se você conseguir enviar seus dados de receita de volta ao Google Ads.

Sem a capacidade de implementar conversões off-line, você pode evitar a campanha Performance Max para geração de leads, pois você gastará tempo e dinheiro com pouco retorno para mostrar.

 


Dimensionando a geração de leads no Google Ads

À medida que você aumenta seus gastos e resultados no Google Ads, lembre-se de que muitas outras peças móveis influenciam a experiência do cliente. Antes e depois do clique, você tem elementos de design, desenvolvimento web, descoberta, UX e acompanhamento de vendas.

O dimensionamento de contas não acontece da noite para o dia e certamente não acontece sem esforço. Mas há uma tremenda recompensa para aqueles que conseguem ver o quadro geral e mostrar persistência.

Fonte: Search Engine Land

Quer saber de tudo, antes de todos?

Receba as principais notícias e atualizações sobre redes sociais, ads e marketing digital resumidas no seu e-mail!

Isso pode te interessar:

OPINE:

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM:

Gemini geração de imagem

Google suspende geração de imagens por IA após erros históricos e raciais

O Gemini, ferramenta de IA do Google, gerou imagens dos nazistas e dos fundadores dos EUA como pessoas negras, gerando debate sobre racismo

Threads da Meta e Facebook

Ainda tentando! Meta está testando postagens cruzadas do Facebook para Threads

Segundo a Meta, o recurso ainda está em teste para usuários do iOS e pretende facilitar o cruzamento de postagens entre Facebook e Threads

Gemini no Performance Max do Google

Google está adicionando Gemini às campanhas Performance Max

Google anunciou está adicionando seu modelo de linguagem IA Gemini às campanhas Performance Max, para ajudar a criar campanhas mais eficazes

Aqui você encontra as principais notícias sobre Marketing Digital e atualizações sobre o mundo das Redes Sociais, Ads, Infoprodutos, Vendas Online.